You are browsing the archive for Eventos.

Open Data Day Fortaleza discutirá Dados Abertos, Transparência e Pandemia 

- April 7, 2020 in Eventos

Em meio à pandemia por Covid-19, os pilares de transparência e controle social que sustentam as democracias se tornam ainda mais necessários. Esses elementos são fundamentais para combater a desinformação que assola a sociedade e garantem o direito das pessoas de ter informação sobre as ações governamentais de enfrentamento à pandemia. É com essa bandeira que acontece, em Fortaleza, mais uma edição do Open Data Day 2020. O encontro online será realizado no sábado, dia 11, das 9h às 19 horas, por meio da plataforma Google Meets. O link para a transmissão do evento será enviado para o e-mail dos inscritos, assim como os tutoriais dos programas a serem pré-instalados para as oficinas. A atividade é apoiada pela Open Knowledge Brasil (OKBR) e tem como objetivo incentivar governos, empresas e a sociedade civil a usarem dados abertos em suas iniciativas. A edição local é organizada pela jornalista e embaixadora de inovação cívica da OKBR, Thays Lavor. Todas as atividades são gratuitas e as inscrições podem ser realizadas por meio deste link. Pela manhã serão ministradas palestras, e entre os nomes confirmados estão o da diretora executiva da OKBR, Fernanda Campagnucci, e do desenvolvedor de software e fundador do Brasil.IO, Álvaro Justen. À tarde, serão realizadas três oficinas:
  • Mapeamento das populações vulneráveis ao coronavírus ( Narcélio de Sá – Labocart/UFC)
  • Construindo um painel das doenças respiratórias graves com dados do DataSUS (Fernando Barbalho – Cientista de Dados/Tesouro Nacional ) e
  • Explorando dados da Covid-19 no CE – Montar painéis e explorar APIs ( André Campos – Cientista da Computação/GreenMile) .
 As atividades buscam a interdisciplinaridade das áreas do conhecimento e envolvem servidores públicos, desenvolvedores, geógrafos, estatísticos, cientistas sociais e jornalistas. Não existe pré-requisito para participação, apenas a vontade de aprender.   SERVIÇO:  Dia: 11 de abril Horário: a partir das 9h Link de inscrição: https://forms.gle/LVhyM3CNF4uM6rxk9 Com texto de Thays Lavor, embaixadora de inovação cívica da OKBR Flattr this!

Open Data Day 2020: vamos falar sobre dados abertos?

- February 27, 2020 in Dados Abertos, Eventos

A décima edição do Open Data Day está chegando – e com novidades! Em mais um ano, pessoas interessadas em discutir e analisar bases de dados abertos se reunirão em diversas cidades do mundo para um dia inteiro de atividades. A data escolhida para o Open Data Day em 2020 foi 7 de março. No Brasil, o ODD 2020 contará com a participação da rede de pessoas Embaixadoras de Inovação Cívica na organização de alguns eventos. Afinal, a utilização de dados abertos é parte fundamental da atuação do projeto, que busca promover soluções de interesse público por meio da tecnologia em todo o território nacional.

Por que participar?

A oportunidade de integrar uma edição do ODD é inspiradora por uma série de motivos: envolvimento com a comunidade local de tecnologia e políticas públicas, resolução de demandas de dados abertos junto a uma equipe qualificada, prática, aprendizado e muito mais. Falamos sobre isso neste Guia Embaixadoras para o Open Data Day 2020.

Onde será?

Já é possível conferir a lista de cidades que sediarão eventos e saber mais detalhes sobre como participar. Confira abaixo as cidades brasileiras que terão eventos do ODD 2020:   BAHIA Salvador Evento: Open Street Map Data Day – UFBA: Comunidades Mapeando Comunidades* Organização: Universidade Federal da Bahia (grupos de pesquisa)   MINAS GERAIS Belo Horizonte Evento: Open Data Day – Belo Horizonte Organização: Alexandre Gomes (embaixador de inovação cívica)   PARANÁ Curitiba Evento: Code for Curitiba Open Data Day 2020 Organização: Code for Curitiba   PERNAMBUCO Recife Evento: Open Data Day Recife Organização: Women in Data Science Recife e IP.Rec   Evento: Open Data Day Recife: Dados Abertos para um Futuro Melhor Organização: Pernambuco Transparente   RIO DE JANEIRO Rio de Janeiro Evento: Cerveja com Dados #08 – Edição Open Data Day Organização: Escola de Dados e Marcus Vinicius Roque (embaixador de inovação cívica)   Evento: Dia dos Dados Abertos no Arquivo Nacional – Open Data Day 2020 Organização: Arquivo Nacional   RIO GRANDE DO NORTE Natal Evento: Open Data Day Natal Organização: Dados Abertos RN e Tiago José (embaixador de inovação cívica)   RIO GRANDE DO SUL Porto Alegre Evento: Dia dos Dados Abertos POA 2020* Organização: Afonte Jornalismo de Dados   SÃO PAULO Campinas Evento: Open Data Dextra Day Organização:  Dextra Digital Santos Evento: OpenDataDay Santos 2020 Organização: Py013 – Comunidade de desenvolvedores Python da Baixada Santista São Paulo Evento: Open Data Day São Paulo – Explorando dados do Legislativo local Organização: Open Knowledge Brasil   * As edições organizadas pelos grupos de pesquisa da UFBA, em Salvador, e pela iniciativa Afonte, em Porto Alegre, foram contempladas com as mini-bolsas da Open Knowledge Foundation, contando com uma ajuda de até U$300,00 para realizar os eventos locais.   Soube de algum evento que não está na lista? Registre-o no mapa oficial do ODD 2020 – é bem rápido! Vamos manter esta lista atualizada nos próximos dias, então fique de olho.   Flattr this!

Open Data Day em São Paulo: Explorando dados do Legislativo local

- February 21, 2020 in Dados Abertos, Eventos, Open Data Day, São Paulo

Se você mora em São Paulo e tem interesse em falar sobre dados abertos e transparência, participe do Open Data Day! No dia 7 de março, São Paulo se junta a diversas cidades pelo mundo e celebra a décima edição do Open Data Day, o Dia dos Dados Abertos. Em parceria com o Goethe-Institut São Paulo, a Open Knowledge Brasil organiza a edição local, um evento gratuito que terá seu foco na análise dos dados abertos do Poder Legislativo.

O evento

Inspirado no Parlametria, projeto de código aberto que usa inteligência de dados sobre o Congresso Nacional para promover a ação cidadã, vamos explorar bases de dados que permitam cruzar informações sobre deputados estaduais e vereadores de São Paulo. Apresentaremos aos participantes as bases de dados utilizadas no projeto, como a base de candidatos do Tribunal Superior Eleitoral, que contém características de todos os parlamentares eleitos; e a base de empresas brasileiras e seus sócios, para que seja possível o cruzamento de informações com os parlamentares paulistas.

Metodologia

Durante a manhã, jornalistas, programadores(as) e pesquisadores(as) convidados farão mini-palestras para apresentar as bases de dados que estão por trás do projeto Parlametria e técnicas de análise e exploração de dados. À tarde, vamos fazer um “mão na massa”, para explorar essas bases de dados e o cruzamento com bases de dados relativas a São Paulo — pediremos aos participantes que tragam, se possível, seus notebooks. A jornada finaliza com os grupos de participantes apresentando o resultado de seu trabalho (análises, gráficos e tabelas) com o público.

Horário: das 10h às 17h30

Para participar, preencha o formulário de inscrição e compareça no Goethe-Institut São Paulo no dia 7 de março (sábado). Até lá! Flattr this!

Primeira live do ano vai trazer dicas para organizar um ‘open data day’

- January 13, 2020 in Destaque, Eventos

Já é tradição: o Dia Internacional de Dados Abertos, conhecido como Open Data Day (ODD), é celebrado simultaneamente em todo o mundo e impulsionado pela Rede Open Knolwedge. Este ano, o ODD está marcado para o dia 7 de março e os eventos são descentralizados e podem ser organizados por QUALQUER pessoa, coletivo ou organização. Em 2020, com a nossa Rede de Pessoas Embaixadoras em Inovação Cívica, teremos a oportunidade de levar esse tema fundamental para todo o Brasil. Na nossa primeira live do ano convidamos duas pessoas para falar com a gente sobre dados abertos e dar dicas de atividades para desenvolver em sua cidade. Se interessou? Vem com a gente! CONHEÇA OS CONVIDADOS:
  • Augusto Herrmann Batista Analista de TI no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão – pioneiro em política de dados abertos no governo federal brasileiro, também estudou e ensinou habilidades de representação do conhecimento e tecnologias semânticas no setor público. É entusiasta de tudo o que é código aberto, governo aberto, dados abertos, IA e gerenciamento de conhecimento.
 
  • Juliana Trevine Graduanda no IME e com o coração dedicado ao Grupo de Computação Social da USP (Tecs) depois de conhecer o maravilhoso mundo do trabalho voluntário das comunidades graças às PyLadies e RLadies SP. Interessada no encontro da Computação com as Políticas Públicas e entusiasta da cultura de Software Livre. Além de tudo isso, também faz parte da nossa rede de pessoas Embaixadoras.
 
  • Thays Lavor Jornalista formada pela Universidade de Fortaleza (Unifor), atua como freelancer para veículos nacionais e internacionais, trabalha com jornalismo investigativo e de dados, e tem suas principais coberturas ligadas à área de direitos humanos. Em 2015, foi finalista do Prêmio Roche de Periodismo en Salud, e em 2013, recebeu menção honrosa no 8º Prêmio Sindhrio de jornalismo e Saúde. Atualmente integra a diretoria da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), é mestranda em comunicação da Universidade Federal do Ceará (UFC) e integrante do grupo de pesquisa Praxisjor (PPGCOM/UFC).
E MAIS:
  • Fernanda Campagnucci, diretora-executiva da OKBR
  • Mário Sérgio, líder técnico da Serenata e gerente de programa do Programa de Inovação Cívica da OKBR
LIVE: Terça-feira (14/01), das 19h às 20h30 (horário de Brasília) LINK: Divulgaremos o link para acessar no dia da live, uma hora antes do início (posto aqui no Fórum; ficará gravado para assistir depois) PARTICIPE! Nossos bate-papos são ao vivo, online e gratuitos. Todo mundo é bem-vindo! Flattr this!

OKBR integrou júri e mentoria no Hackathon da Fiocruz para inovação em saúde pública

- December 9, 2019 in Destaque, Eventos

No último fim de semana (31/11 e 1/12), o time de Ciência de Dados para Inovação Cívica da Open Knowledge Brasil esteve presente no Hackathon Fiocruz 2019, que reuniu 32 competidores em oito equipes para pensarem soluções tecnológicas para o Sistema Único de Saúde (SUS). Mário Sérgio Queiroz e Ariane Alves foram convidados pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz) para compor, respectivamente, o corpo de jurados e de mentores da maratona de programação. Contamos a seguir um pouco dessa experiência. Saúde pública brasileira em foco Os desafios propostos no Hackathon foram divididos em quatro temas relevantes para o contexto de saúde pública no Brasil: a detecção de vetores de arboviroses (doenças como dengue, Zika vírus, febre chikungunya e febre amarela), o monitoramento da presença de carrapatos transmissores da febre maculosa, a continuidade no tratamento de tuberculose e a divulgação dos cursos da Fiocruz, que podem auxiliar uma ampla parcela da população. Durante 24 horas, os oito grupos pensaram e estruturaram suas soluções em forma de aplicativos para dispositivos móveis. Para avaliar as propostas apresentadas, os jurados observaram a viabilidade financeira e técnica de cada solução, com atenção para o valor agregado ao usuário final. É importante entender que as soluções que envolvem determinadas enfermidades podem trazer constrangimentos sociais para os pacientes. Dessa forma, é interessante buscar alternativas tecnológicas que não exponham as pessoas ao seu ciclo social e que garantam a proteção aos dados dos indivíduos. Confira aqui os projetos selecionados.

Participantes reunidos após o anúncio das equipes vencedoras | Foto: Ariane Alves

Palestras de apoio complementaram o evento e auxiliaram os participantes Um ponto alto da programação foram as várias palestras de apoio aos participantes, abordando temas pertinentes às áreas de inovação e saúde, como inteligência artificial, pilares para a construção de chatbots e MVPs (mínimo produto viável) e o uso da Plataforma de Ciência de Dados aplicada à Saúde (PCDaS).

Ricardo Dantas (coord./Icict/Fiocruz), Mário Sérgio, Marcel Pedroso (org./Icict/Fiocruz) e Ariane Alves | Foto: André Bezerra – Icict/Fiocruz

Na ocasião, Mário apresentou a Operação Serenata do Amor e o portal Parlametria como exemplos do uso da tecnologia para inovação cívica no Brasil. Com isso, as equipes puderam entender melhor como incluir em seus projetos conceitos de integração e engajamento da sociedade civil em soluções tecnológicas, prática bastante pertinente e necessária à área de saúde pública e ao uso do SUS.

Mário Sérgio apresenta os projetos de Inovação Cívica da OKBR | Foto: Raquel Portugal – Icict/Fiocruz

Flattr this!

Quarta edição do principal evento de governo aberto do país acontecerá em Brasília

- October 31, 2019 in Destaque, Eventos, governo aberto

Pela quarta vez, o Encontro Brasileiro de Governo Aberto propõe discutir sobre as boas práticas e os desafios do governo aberto no Brasil e no mundo. Desta vez, o evento acontecerá na Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), em Brasília, nos dias 26 (terça) e 27 (quarta) de novembro. O evento, que acontece anualmente desde 2016, destaca as iniciativas, projetos e políticas públicas de governo aberto que reforçam a transparência, participação, colaboração, accountability e inovação, além da abertura de dados. Por meio de discussões e troca de boas práticas entre representantes do setor público, acadêmico e de organizações da sociedade civil, busca-se fomentar e multiplicar esses tipos de ação de governo aberto. As mesas redondas e palestras que compõem a programação do evento contam com a participação de pesquisadores, servidores públicos e representantes da sociedade civil que atuam com governo aberto no país. O Encontro é uma realização das seguintes entidades:, Artigo 19, Agenda Pública, Fast Food da Política, Movimento Acredito, Open Knowledge Brasil, Nic.br/Ceweb, Imaflora Instituto de Governo Aberto, Controladoria Geral da União (CGU), Controladoria Geral do Município de São Paulo (CGM) e Supervisão para Assuntos de Governo Aberto da Prefeitura Municipal de São Paulo, com o apoio da Open Government Partnership, do Fórum de Gestão Compartilhada de São Paulo e do Todos pela Educação. Esta edição do Encontro Brasileiro de Governo Aberto contará, ainda, com palestrantes internacionais. Entre eles, está Emilene Martinez, representante da Open Government Partnership na América Latina e no Caribe, Miguel Arana, ex-diretor de participação social da Prefeitura de Madrid e responsável por projetos participativos como o Consul, e um especialista em orçamentos participativos da International Budget Partnership. Consulte a programação do evento. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas aqui. Flattr this!

10 práticas de transparência e boa governança de 2018: Serenata é premiada no exterior

- October 8, 2019 in Destaque, Eventos, governo aberto, transparência

Em um evento que aconteceu no dia 02 de outubro em Madrid, a Telefónica e a revista Compromiso Empresarial anunciaram as 10 iniciativas reconhecidas como as melhores práticas de transparência e boa governança do ano de 2018 na Espanha e na América Latina. O processo aconteceu em duas etapas: entre as mais de 70 iniciativas inscritas o júri selecionou 20 semifinalistas, em seguida, com a ajuda de voto popular, foram escolhidas as 10 vencedoras:
  • Maldita.es (Espanha);
  • Serenata de Amor (Brasil);
  • Aplicación telemática T-Canaria (Espanha);
  • Boardchain (Espanha);
  • Veeduría ciudadana en La Guajira (Colômbia);
  • Zona de verificación de Newtral (Espanha);
  • Instituto para las Relaciones Laborales Transparentes (Espanha);
  • Informe de igualdad de género de Iberdrola (Espanha);
  • Modelo de gestión del Festival del Teatro Clásico de Mérida (Espanha);
  • E.V.A (‘Equal Vehicles for All’).
Leia a matéria completa no Compromiso Empresarial. Flattr this!

4º Encontro Brasileiro de Governo Aberto

- October 2, 2019 in Destaque, Eventos, governo aberto

Existe um campo emergente no Brasil que orbita em torno da ideia de Governo Aberto, com novas iniciativas, instrumentos e práticas, que possuem um grande potencial para promover um impulso democrático na governança das políticas públicas, na relação entre o Estado e a sociedade e no funcionamento dos órgãos públicos. O Encontro Brasileiro de Governo Aberto nasceu, em 2016, com o objetivo de criar um espaço de integração desse campo, pois apesar da existência de alguns eventos específicos com foco em participação, transparência, dados abertos ou tecnologia, ainda faltava um espaço comum para tod@s. O Encontro conta com os seguintes objetivos:
  • Integrar organizações da sociedade civil, órgãos públicos, pesquisadores, universidades, movimentos sociais que atuam com temas de governo aberto;
  • Debater os avanços e os desafios da promoção da transparência e do acesso à informação, da participação, da prestação de contas e do uso da tecnologia e inovação;
  • Apresentar e debater iniciativas, práticas e políticas de governo aberto, bem como as ações e os compromissos do Brasil junto a Open Government Partnership (OGP);
O 4º Encontro é organizado pelas seguintes entidades: Agenda Pública; Artigo 19; Ceweb.Br / Nic.Br; Controladoria Geral da União; Fast Food da Política Imaflora; Instituto de Governo Aberto; Movimento Acredito; Open Knowledge Brasil; Prefeitura do Município de São Paulo – Controladoria Geral do Município e Supervisão para Assuntos de Governo Aberto. O Evento tem apoio de: Open Government Partnership (OGP); Fórum de Gestão Compartilhada da Cidade de São Paulo A programação será disponibilizada em breve no site do 4º Encontro Brasileiro de Governo Aberto. Confirme presença e convide os amigos por meio do evento do Facebook. Flattr this!

OKBR participa do 9o Fórum da Internet no Brasil

- October 2, 2019 in Destaque, Eventos

O Fórum da Internet no Brasil e Pré IGF Brasileiro é promovido anualmente pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) desde 2011 e consiste em atividade preparatória para o Fórum de Governança da Internet (IGF), evento global promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU). Este ano, a 9edição do evento acontece entre os dias 01 e 04 de outubro, em Manaus (AM). O objetivo é incentivar representantes dos setores que o compõem a acompanharem e opinarem sobre as questões mais relevantes para a consolidação e expansão de uma Internet. Além das sessões principais, onde serão discutidos discutidos temas de grande importância para o desenvolvimento da Internet, a agenda do Fórum conta também com 27 workshops organizados por diferentes atores da sociedade com interesse no desenvolvimento da Internet no Brasil. Confira o site do evento. Fernanda Campagnucci, diretora-executiva da Open Knowledge Brasil (OKBR), fará parte do workshop “Design centrado nas pessoas e dados abertos na Web: inclusão e ética na Inteligência Artificial”. Neste workshop será discutida a importância de uma abordagem humanística em Inteligência Artificial para que os projetos desenvolvidos levem em consideração as reais necessidades humanas, incorporem valores éticos, respeitem diferenças culturais e eliminem discriminações. O tema envolve o conceito de dados abertos na Web e diferentes técnicas de design centrado nas pessoas em projetos de aprendizado de máquina para elaboração de sistemas mais justos e efetivos.   Detalhes sobre o workshop “Design centrado nas pessoas e dados abertos na Web: inclusão e ética na Inteligência Artificial” Dia: 04/10, horário: 16:30 – 18:00 Local: Salão D, Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques – Manaus (AM) Flattr this!

OKBR participa de painéis na maior conferência global de dados abertos

- September 28, 2018 in acesso à informação, colaboração, Conhecimento Livre, Dados Abertos, Escola de Dados, Eventos, Gastos Abertos, governo aberto, IODC, Open Knowledge Brasil, sociedade civil, transparência

A Open Knowledge Brasil marca presença na International Open Data Conference (IODC) deste ano, nos dias 27 e 28 de setembro, em Buenos Aires, na Argentina, e participa de debates sobre como ciência de dados pode promover inovação e gerar impacto no jornalismo e o uso de tecnologia para ampliar a participação social na política. Natália Mazotte, diretora-executiva da OKBR, vai apresentar projetos da organização nas mesas Open Data + Journalism, no dia 27 de setembro, e Open Data + Government Finances, no dia 28. Na mesa sobre jornalismo e dados abertos, ela fala sobre sua experiência à frente da Escola de Dados, programa da Open Knowledge Brasil voltado à alfabetização de dados para jornalistas e membros de organizações da sociedade civil. Também apresenta o Perfil Político, ferramenta lançada nesta semana e criada pelo programa de inovação cívica da OKBR, voltada para jornalistas e formadores de opinião construírem pautas a partir de comparações de históricos dos políticos que pleiteiam um cargo nas eleições 2018. Já no painel sobre gastos governamentais, uma das pautas é a Operação Serenata de Amor, projeto que integra nosso programa de inovação cívica e apresenta Rosie, a inteligência artificial criada pelo projeto para verificar gastos suspeitos da cota de exercício parlamentar, ao público da conferência. Flattr this!